O QUE EU JÁ ESCREVI?

PESQUISE NO BLOG

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

E 2013 acaba assim. Feliz 2014!

Castiglione del Lago

Tive a impressão que o ano de 2013 voôu. Ao mesmo tempo, não foi um ano tão bom como imaginei que seria. Olhando minha listinha de desejos feita no final de 2012, percebi que tinha somente dois desejos. Mas mesmo que a lista tenha sido pequena, não acho que o resultado tenha sido plenamente satisfatório.
Um dos desejos era encontrar um emprego, meu pensamento fixo neste momento da minha vida, já que é impossível realizar alguma coisa sem dinheiro. Esse objetivo esteve nos meus pensamentos o ano inteiro, mas infelizmente não depende só de mim. Quem acompanhou a minha trajetória já sabe mais ou menos como foi esse ano profissionalmente para mim, ou seja, não muito produtivo.

Imola


Quanto ao outro desejo, que era viajar mais, posso dizer que consegui cumprí-lo mais ou menos. Não fiz grandes viagens porque esse desejo está ligado ao desejo do trabalho. E, sem trabalhar, é bem difícil realizar esse tipo de sonho. Mas consegui conhecer alguns lugares novos dentro da Itália. Nada de grandioso, mas é sempre melhor que nada.

Corinaldo


Fico animada em saber que um novo ano novinho em folha está chegando, trazendo novidades que eu ainda estou por descobrir. E não perco a esperança de que seja um ano mais agitado e não tão estagnado quando 2013.



E aqui vai a minha mensagem de final de ano para todo mundo: 



Um beijo à todos e Feliz 2014,

Larissa.


domingo, 8 de dezembro de 2013

Primeiro Hangout do canal Larissa na Italia

É com um prazer enorme que venho anunciar que fizemos o primeiro Hangout do canal Larissa na Itália. Contei com a participação da Daphne e da Daniella que são duas queridas. A Ana Carolina, infelizmente teve alguns imprevistos e não pôde participar.
Mas o resultado foi muito positivo! Fiquei muito feliz em poder trocar opiniões com as meninas. Foi muito emocionante.

As perguntas que nos pusemos durante o Hangout foram estas:

1- Como está a situação de empregos no local onde mora?
2- Ontem recebi um comentário que dizia "...qualquer país é melhor que o Brasil..." Então me pergunto: "Tudo são flores" na vida de quem mora na Europa?
3- Qual é a reação das pessoas por aí quando você diz que é brasileira?
4- Tem amizade com outros brasileiros aí?
5- Moraria em algum outro país do mundo? Qual e por quê?
6- Alguma vez já pensou em voltar a morar no Brasil?
7- O que mais te impressiona positivamente no país onde mora?
8- Existe algum costume ou comportamento das pessoas com o qual acha que nunca vai se habituar?
9- O que diria sobre a questão da violência no páis onde mora? Ela existe?
10- Morar no exterior é sinônimo de uma vida mais isolada e solitária?
11- O que faz para se divertir no inverno? Tem dicas para se aquecer e aquecer a casa?
12- Como é a comemoração de Natal e Ano Novo por aí? O que se costuma comer nessas datas?

Para descobrir as respostas é só pegar um café, se acomodar na poltrona e assistir ao vídeo.

P.S. Eu também costumo assistir vídeo longos como esse enquanto passo roupa, preparo o jantar, etc.


Links úteis:







Assistiu? Gostou?

Deixe seu comentário dizendo o que achou.


Abraços,

Larissa.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Viagem à Itália: Como é a passagem pela Imigração?

Acho que nunca contei minha experiência sobre como é "passar pela Imigração". Engraçado eu nunca ter mencionado isso. Me lembro que foi um dos assuntos que me deixou quase louca quando estava com a viagem para a Itália marcada. Passei a viagem inteira (um total de 13 horas) sem dormir. Primeiro porque esqueci de reservar um lugar no avião e, consequentemente, o único lugar vago era ao lado do banheiro. Então era aquele entra e sai de gente, luz acendendo e apagando o tempo todo feito discoteca  e o barulho da descarga me atormentando. Moral da história: quando viajar ao exterior, não esqueça de reservar seu lugar no avião.
Os outros dois motivos de não ter conseguido dormir foram: emoção por rever o Francesco e medo de não conseguir passar pela Imigração. 
Esse medo, de algum jeito, acabou sendo positivo, porque sempre fiz questão de viajar munida de todos os documentos possíveis e imagináveis para não correr o risco de ver minha viagem dos sonhos se transformar em pesadelo e consequente deportação.

Neste vídeo, conto um pouco sobre a minha experiência com a Imigração Suíça. Da primeira vez em que estive na Itália, decidi fazer escala na Suíça. E o mais interessante foi que, depois que a viagem acabou, depois de um mês maravilhoso na Itália, quando voltei e passei pela escala também feita na Suíça, o oficial da Imigração me perguntou sorridente: "Acabaram as férias?". Fiquei impressionada porque percebi que as informações que eu tinha dado quando entrei na Europa tinham ficado registradas em um sistema. Sim, eles são muito organizados!

Mas vamos deixar de conversar, e vamos ao vídeo:



Links úteis:


Para ver o modelo de Carta Convite, clique aqui e em seguida clique em "Scarica il Modulo". A carta deverá ser preenchida pelo cidadão italiano.

Para saber quanto dinheiro é necessário ter por dia de permanência na Itália clique aqui.







Assistiu? Gostei? Então deixe seu comentário!

Um beijo,

Larissa.

Hangout: Vamos nos falar ao vivo?

Olá pessoal!

Não via a hora de poder dar essa notícia para vocês. Vou finalmente organizar um hangout no meu canal do youtube, o LarissaNaItalia.
Para entender como funcionará assista o vídeo abaixo.



Também contaremos com a participação a Carol do blog Carol Alencar!

Vou estar esperando por vocês lá!

Um beijão,

Larissa.

Tag: 5 Youtubers que eu indico

Olá Pessoal!

O vídeo de hoje é para responder uma tag. O nome original da Tag é "5 Youtubers que eu indico". Mas é claro que eu passei um pouquinho e decidi indicar sete canais.
Não indiquei canais só de maquiagem, até porque tenho assistido poucos vídeos de maquiagem ultimamente. Tudo bem, a maquiagem é uma arte, mas convenhamos que assistir sempre a mesma coisa cansa e há momentos em que queremos mudar um pouco. É por esse motivo que tenho deixado o canal Vivagloss ligeiramente abandonado. Ainda estou decidindo como e se prosseguir com ele.

Mas voltando ao assunto... Minha memória não é muito boa, por isso no momento em que decidi anotar os canais dos quais gostaria de falar, me deu um branco total! No final, depois de muito me esforçar de dando uma olhadinha no Youtube, consegui me lembrar desses. Mas ainda pretendo fazer essa tag outras vezes, porque vejo muitos canais bons no Youtube que não são tão conhecidos.

Então vamos ao vídeo?




Assistiu? Então me diz o que achou. É só deixar um comentário aqui no blog logo abaixo deste post ou comentar diretamente embaixo do vídeo.

Beijos,

Larissa.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Existe preconceito contra Brasileiros na Itália?

Sim, o assunto hoje é preconceito. Um assunto bem polêmico e por isso mesmo, estipulei algumas regrinhas. Trata-se de uma espécie de campanha "Comente com educação". Isso porque, uma vez postei um vídeo onde contava algumas historinhas sobre preconceito na Itália, mas o nível dos comentários baixou tanto que eu tive que removê-lo. Todos os dias tinha algum novo xingamento embaixo do bendito vídeo. E muitos deles nem tinham a ver com o que estava sendo falado ali. Muitos (brasileiros ou não), aproveitaram para expressar sua raiva com relação aos brasileiros e ao Brasil. Pois bem. Pois mal. Criei as regras justamente para evitar este tipo de coisa. Mas vamos ao que interessa, porque no vídeo eu já explico tudo isso. 

Vamos assistir?







Assistiu? Muito obrigada! Gostou? Não esqueça de deixar sua opinião em um comentário!

Um abração,

Larissa.



quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Procedimento para se Casar na Itália e mais

Esse post irá com certeza ajudar quem tem dúvidas sobre o Procedimento para se casar (com um italiano/italiana) na Itália.
Recebi o pedido de um post ou vídeo milhões de vezes e não é pra menos. Quando temos que passar por algo assim, é tanta informação que temos que assimilar, tanta burocracia misturada a sentimentos que muitas vezes, não sabemos nem por onde começar. Pelo menos no meu caso foi assim. Eram dias e dias de pesquisas na internet, ligações e e-mails para o Consulado do Brasil na Itália e para o Consulado da Itália no Brasil.

Nesse caso, vou tentar dar uma mãozinha e até o pé no lado prático da coisa. Então, neste vídeo falo sobre:

Procedimento para se casar na Itália:

Quais são os documentos necessários?
Visita da polícia para verificar se o casal vive junto.
Permesso di soggiorno: o que é e quanto tempo demora?

Cidadania Italiana por Matrimonio
(ou Naturalização por Matrimonio como dizem no Brasil): 

Depois de quanto tempo de casada eu tenho direito?
Dica sobre "como fazer"

Transcrição do Ato de matrimonio:

O que fazer para que meu casamento seja válido no Brasil e não, isso não acontece automaticamente.

Então assista o vídeo e não esqueça de deixar seu comentário! Para assistir o vídeo é só clicar na foto abaixo.




Links importantes mencionados no vídeo: 

Para saber a qual Consulado se dirigir (Milão ou Roma) clique aqui.


***Procedimento para se casar na Itália***

- Consulado do Brasil em Roma clique aqui

- Consulado do Brasil em Milão clique aqui


***Transcrição do Ato de Matrimonio (para que o casamento seja válido no Brasil)***

- Consulado do Brasil em Roma clique aqui

-Consulado do Brasil em Milão clique aqui


***FAQ (Perguntas frequentes feitas ao Consulado do Brasil em Roma)***
http://www.consbrasroma.it/faq/

***Cidadania Italiana por Matrimonio (ou Naturalização por Matrimonio) no antigo blog da Ana Carolina:
http://bichinhanaitalia.blogspot.it/2012/12/1a-etapa-cidadania-italiana-1a-tappa.html

***Blog atual da Ana Carolina:
http://carolina-alencar.blogspot.it/


Um beijão,

Larissa.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Tag: Boyfriend - Testando o Marido ou Namorado

Olá pessoal!

Dessa vez venho trazer para vocês uma Tag que já foi gravada há algum tempo (e que já tinha sido publicada no canal VivaGloss). Mas só hoje me dei conta de que ela tem muito a ver com o canal LarissanaItália justamente porque fala da minha vida na Itália. Na verdade, essa tag tem mais perguntas pessoais, mas explica um pouco de como eu conheci o Francesco e um pouco sobre como eu sou. Mas agora chega de falação. Vamos ver o vídeo?






Já viu o vídeo? Então deixe um comentário me contando o que achou!

Larissa.

domingo, 10 de novembro de 2013

Vamos caminhar? Passeio por Numana

A cidadezinha de Numana é um lugar encantador e fica pertinho aqui de casa. Essa semana, decidi unir o útil ao agradável: aproveitei que estava indo caminha e decidi aproveitar o dia lindo de sol (lembrando que sol neste caso, não é sinônimo de calor. Mas é melhor que nada!) para levá-los para caminhar comigo.
No começo, tinha decidido ir à outro lugar, onde caminho sempre, mas acabei mudando de idéia no último momento e assim, por acaso, nasceu esse vlog sobre Numana.



Claro que não poderia deixar de tirar muitas fotos também. Afinal de contas o lugar merece!

Paradinha para retocar o batom =)




Porto de Numana


Viu o vídeo? Não esqueça de deixar um comentário contando o que achou!

Larissa.


sábado, 9 de novembro de 2013

Compras de Supermercado na Itália 2 - Quanto custa???

Sei que vocês adoraram essa idéia de mostrar as comprinhas de Supermercado aqui da Itália em vídeo. Acho que para quem vem para a Itália, é um ótimo meio de ter uma idéia sobre o custo de vida por aqui. Por isso resolvi fazer o vídeo número 2 mostrando produtos diferentes dos que já tinham sido mostrados no vídeo anterior.
Boa visão!




Viu o vídeo? Então não esqueça de deixar seu comentário me dizendo o que achou!

Um beijo à todos,

Larissa.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

50 Perguntas para abrir a sua mente

Vi essa espécie de "Tag para blogs" no blog da Cinthya Rachel
Caso você visite o blog dela e comece a se perguntar: "Ela não é a Biba? Aquela que fazia o Castelo Rá-Tim-Bum?". A resposta é sim. É ela mesma. Também me fiz essa mesma pergunta quando descobri o blog dela. Mas depois disso ela também fez vários outros trabalhos.

Mas vamos às perguntas. 




1. Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos você tem?
28 anos. Muita gente diz que pareço mais nova. Mas não vamos exagerar né?

2. O que é pior errar ou nunca tentar?
Nunca tentar.

3. Se a vida é curta, porque fazemos muitas coisas que não gostamos e gostamos de muitas coisas que não fazemos?
A humanidade contribuiu para que nossas obrigações fossem mais importantes do que o que nos faz feliz. Mas acho que ainda é possível fazer com que uma obrigação seja também um prazer, fazendo por exemplo um trabalho pelo qual somos apaixonados e arrajando tempo para ficar com as pessoas que amamos. Nem tudo está perdido! E viver só de lazer também pode se transformar em tédio. Sou a prova disso.

4. Quando tudo foi dito e feito, você disse mais do que fez?
Eu disse E fiz!

5. Qual é a coisa que você mais gostaria de mudar no mundo?
Gostaria que todas as pessoas pensassem no bem estar umas das outras e que "não fizessem aos outros o que não quisessem que fosse feito à elas".

6. Se felicidade fosse a moeda nacional, que tipo de trabalho o tornaria rico?
Vlogger, fotógrafa, escritora, tradutora. Tinha que mencionar um só?

7. Você está fazendo o que você acredita ou você está regularizando o que você está fazendo?
Há poucos dias estava regularizando. Neste momento, estou fazendo o que acredito.

8. Se a média de vida humana fosse de 40 anos, como você viveria sua vida?
Considerando que tenho 32 anos, só teria mais 8 anos de vida. Tudo igual à pergunta nº 6 + amar muito o meu marido, estar mais com a minha família e viajar mais.

9. Até que nível você acredita que controlou o curso que sua vida tomou?
Nunca controlei, apesar de ter escolhido o caminho que me fez chegar até aqui. Ninguém pode saber como será o futuro...

10. Você está preocupado em fazer as coisas corretamente ou fazer as coisas certas?
As duas coisas.

11. Você está almoçando com três pessoas que respeita e admira. Eles começam a criticar um amigo próximo, sem saber que você é amigo dele. O criticismo é estranho e injustificável. O que você faz? 
Provavelmente diria algo como: "Eu o conheço muito bem. Na verdade ele é meu amigo de infância." Acho que ficariam sem graça, mas o assunto morreria ali.

12. Se você pudesse dar um conselho para uma criança que acabou de nascer, qual seria?
Corra atrás dos seus sonhos! Por mais difícil que pareça, um sonho realizado vale todo o esforço do mundo.

13. Você quebraria uma lei para salvar uma pessoa que ama?
Se quebrar essa lei não significasse prejudicar pessoas inocentes em nenhum modo provavelmente sim.

14. Você já viu insanidade onde depois você viu criatividade?
Sim. Muitas vezes os verdadeiros artistas são seres incompreendidos.


15. O que é aquela coisa que você sabe que faz diferente da maioria das pessoas?
Compreender as pessoas apenas observando-as.


16. Quais são as coisas que te fazem feliz, mas não fazem todo mundo feliz?
Ler, escrever e fazer vídeos e meus momentos de solidão criativa! Estar consigo mesmo é uma verdadeira terapia. E muita gente não consegue.


17. Qual é a coisa que você ainda não fez e que gostaria de fazer? O que te impede?
Viajar o mundo. Só falta o dinheiro!


18. Você está se segurando em alguma coisa que você precisa se desfazer?
Preciso aprender a viver mais no presente. Isso conta?


19. Se você tivesse que se mudar para um estado ou país além daquele que você mora, para onde você iria e por quê?
Iria para a Inglaterra. Além de ser um país maravilhoso, tenho certeza de que ofereceria oportunidades incríveis para mim e para o meu marido.

20. Você aperta o botão do elevador mais de uma vez? Você realmente acredita que ele fica mais rápido?
Sim! Não, mas enquanto ele não chega eu vou aliviando o stress.

21. Você prefere ser um gênio preocupado ou um simples pateta? 
Um simples pateta.

22. Porque você, é você?
A educação que tive, meus valores, as pessoas com quem convivi e minha personalidade forte que nasceu comigo. Tudo isso explica porque sou quem sou.


23. Você é o tipo de amigo que você quer como amigo?
Mais ou menos. Teria que ser um pouco mais presente.

24. O que é pior, quando um grande amigo se muda, ou perde contato com um grande amigo que mora bem perto de você?
Quando perco contato com um grande amigo que mora perto de mim. 

25. Pelo que você é mais grato?
Pelo meu marido e pelo par que formamos. Por ter uma família linda no Brasil.

26. Você prefere perder todas as suas velhas memórias ou nunca ser capaz de ter novas?
Prefiro nunca ser capaz de ter novas memórias. Falei que preciso aprender a me desapegar né? Ainda não aprendi.

27. É possível saber a verdade sem desafiá-la primeiro?
Acredito que é preciso saber a verdade ponto.

28. O seu pior medo se tornou realidade?
Graças à Deus, não. Meu maior medo é perder as pessoas que amo.

29. Você se lembra aquela vez que você ficou extremamente chateado há 5 anos?
Sinceramente não me lembro não.

30. Qual é a lembrança mais feliz da sua infância? O que a torna tão especial?
Me lembro de brincar muito com meus primos. Essa lembrança é especial porque pude ser criança em um tempo que brincar na rua era normal. Também me lembro de estar sentada no colo do meu pai enquanto ele dirigia e achar que era eu quem estava dirigindo. Essa é especial porque naquela época ele era muito mais presente na minha vida.

31. Em qual fase no seu passado recente você se sentiu mais apaixonado e vivo?
Quando conheci meu marido!

32. Se não agora, quando?
Na hora certa.

33. Se você não alcançou aquilo que procura ainda, o que você tem a perder?
Nada! Só não sei onde começar a procurar...

34. Você já esteve com alguém, não disse nada, e saiu sentindo que teve a melhor conversa da vida?
Sim. Isso é o que classifico como "o silêncio confortável."

35. Porque religiões que apóiam o amor causam tantas guerras?
As religiões causam guerras. Deus não. Muitas vezes as religiões atendem simplesmente ao desejo do homem e não a vontade de Deus. É por isso.

36. É possível saber, sem dúvidas, o que é bom e o que é mau?
Sem dúvidas, não. Considero que se você prejudica ou poderia prejudicar o próximo com uma ação, então ela é má. 



37. Se você ganhasse um milhão de dólares, você pediria demissão?
Eu começaria um trabalho do qual realmente gostasse. Não posso pedir demissão já estando desempregada. hahahaha!

38. Você prefere ter menos trabalho para fazer, ou mais trabalho sobre o que gosta de fazer?
Mais trabalho sobre o que gosto de fazer. 

39. Você já sentiu que viveu um dia 100 vezes antes?
Sim. Normalmente quando vejo que minha rotina é sempre igual. Mas é suficiente mudar pequenas coisas para mim.

40. Quando foi a última vez que você andou na escuridão com apenas uma pequena faísca que você realmente acreditava?
Quando decidi vir morar na Itália. Acho que só eu e meu marido acreditávamos que daria certo.

41. Se você soubesse que todo mundo que você conhece fosse morrer amanhã, quem você visitaria hoje?
Minha mãe e meu pai.

42. Você diminuiria sua expectativa de vida em 10 anos para se tornar alguém famoso?
Não.

43. Qual é a diferença entre estar vivo e realmente viver?
Viver é fazer aquilo que realmente gosta e acredita. Estar vivo é fazer o que deve só porque deve. 

44. Quando é a hora de parar de calcular riscos e recompensas, e simplesmente seguir em frente e fazer o que acredita ser correto?
Sempre.

45. Se nós aprendemos com  nossos erros, porque estamos sempre com medo de cometer um erro?
Porque os erros nos levam ao aprendizado, mas normalmente nos causam dor, humilhação, etc... O erro não é bem aceito na nossa sociedade...

46. O que você faria de diferente se soubesse que ninguém iria te julgar?
Nada. Sempre fui daquelas que prefere se arrepender a não tentar.

47. Quando foi a última vez que você percebeu a som da sua respiração?
Ontem à noite, quando fui dormir. Todo e qualquer barulho fica incrívelmente mais alto à noite.


48. O que você ama?
Cores, casais apaixonados, lealdade, amizade, verdade.

49. Daqui a 5 anos, você irá se lembrar do que você fez ontem? E um dia antes? E outro dia antes?
Daqui a 5 anos me lembrarei da minha indecisão sobre "que rumo dar à minha vida profissional." Espero que até lá eu já tenha encontrado um trabalho que me faça feliz.


50. Decisões estão sendo tomadas agora. A questão é: Você está tomando-as por si mesmo ou está deixando que outros as tomem por você?
Eu as tomo por mim mesma.

Quanto custa alugar ou comprar uma Casa na Itália?

Fiz este vídeo para esclarecer uma dúvida que muitas pessoas que vêm para a Itália para passar férias ou até mesmo definitivamente, sempre me perguntam: "Quanto custa alugar (ou comprar) uma casa na Itália?
Na verdade, o vídeo é mais uma dica de "onde encontrar" valores de aluguéis e fotos de casas. 
Lembrando que para conseguir ver o preço dos aluguéis em um site italiano é só clicar em "affitto". Se você quiser comprar uma casa, então precisará clicar em "vendita". 




Espero que o vídeo esclareça as principais dúvidas de vocês.  Mas se mesmo assistindo o vídeo, vocês perceberem que há ainda alguma coisa sobre esse assunto que gostariam de saber e eu não falei, fiquem à vontade para deixar perguntas aqui no blog ou nos comentários do Youtube.

Um beijão e até o próximo post,

Larissa.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Fim do Trabalho na Peixaria

Essa semana aconteceu a fatídica ligação. Quando ouvi aquelas palavras tive uma desconfortável sensação. Foi realmente muito estranho. Eu estava aqui, cheia de planos, imaginando o que poderia fazer com o suadíssimo dinheiro que ganhasse... Mas enfim, agora meus planos ficaram no passado.




Hoje estive novamente na peixaria somente para deixar o papel onde anotava os horários diários que fazia. As meninas me desejaram boa sorte e fiquei feliz por isso.
Apesar de tudo o que aconteceu, e de ter sido tudo tão repentino, sinceramente, não deixo de acreditar que "Deus tem algo melhor pra mim". Esse é um pensamento que, desde que recebi a fatídica notícia, tenho fixo na mente. Me recuso a perder a força e a fé. Não posso não sonhar como uma vida onde finalmente eu possa fazer um trabalho do qual realmente goste.

Larissa.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Como eu conheci meu marido Italiano?

Essa é a pergunta que mais recebo desde que resolvi abrir o blog e os canais do youtube. Nunca pensei que isso pudesse interessar tanto às pessoas. Mas, como sei que vocês realmente têm curiosidade de saber, resolvi finalmente fazer dois vídeos (era um só, mas foi dividido em dois devido às suas dimensões exageradas) contando como eu conheci meu marido italiano.
Como menciono no final do segundo vídeo, acredito que o que realmente importa não é a nacionalidade e sim, o caráter da pessoa que você escolhe para ficar ao seu lado para o resto da vida (considerando que "para o resto da vida" é muito tempo!).
Vamos lá escutar a história?





Gente, gostaria de deixar uma observação. No vídeo, esqueci de mencionar que depois nos casamos, me dou muito bem com a família do meu marido. Apesar de a história ter sido muito complicada no início, entendi que na verdade o problema é que eles estavam preocupados com o Francesco, com a situação de crise que teríamos que enfrentar, com o fato de que eu poderia não me adaptar ao país. Enfim, muitos problemas juntos. Claro que ponderamos muito sobre o que seria o certo. Mas no fim, graças à Deus, tudo deu certo e somos muito felizes.

Um beijo,

Larissa.

sábado, 19 de outubro de 2013

Trabalho na Peixaria e Minhas considerações sobre Trabalhar na Itália

Tem tanta coisa acontecendo ultimamente por aqui, que acabei fazendo mais vídeos do que posts. Mas como vocês já devem ter percebido, nem todo vídeo que faço para o canal LarissanaItália vem acompanhado de post e nem todo post virá acompanhado de vídeos. Mas neste caso, o assunto tem a ver com algo que já foi mencionado em vídeos. Então vou relacionar as duas coisas.


No vídeo abaixo, explico um pouco sobre como foi encontrar trabalho em um peixaria e falo sobre a semana de teste:





Neste outro vídeo falo um pouco sobre o Resultado do Teste na Peixaria.


Minhas Considerações:

Como essa é a segunda vez que encontro trabalho por aqui (terceira se contar a breve experiência de poucos dias em um restaurante), sinto que já tenho um pouquinho de bagagem para fazer comparações.

Estou aprendendo muito sobre o que significa trabalhar na Itália. Percebi que normalmente, os patrões italianos são bem exigentes e detalhistas. Se precisam te ensinar um trabalho, eles normalmente vão te ensinar nos mínimos detalhes. Eles não têm papas na língua quando precisam dizer o que pensam e, em alguns momentos chegam a ser grosseiros. 
O conselho que posso dar para quem faz trabalhos como este que estou fazendo agora, é que tenha muita paciência. Às vezes parece que quando você começa a aprender algo que nunca fez, seu cérebro se enche de informações e fica prestes a explodir (também pelo fato de que o seu chefe quer que você aprenda tudo no menor tempo possível). Mas não se preocupe. Um dia após o outro, as coisas vão se ajeitando. O importante é chegar em casa e se desligar um pouco, relaxar e recarregar as energias para voltar com força total e melhor do que nunca no dia seguinte.
Nesse meio tempo, também andei pagando alguns micos, porque como disse nos vídeos, sabia bem pouco sobre  peixes. Acontece muito, por exemplo, de um cliente chegar no balcão, pedir um peixe e eu não ter idéia de qual peixe ele está falando! Nestes casos, eu finjo que não entendi, peço para o cliente repetir. E como (graças à Deus!), os italianos são muito expressivos, normalmente eles repetem já apontando para o que querem. Adoro isso!
No meu primeiro dia, uma senhora que viu que eu estava aprendendo, disse que queria ser atendida por mim para que eu pudesse me exercitar e fiquei toda feliz. Consegui fazer tudo certinho! 
E acho que já comentei que italiano não faz fila. Então sempre que termino de atender um cliente tenho que perguntar: "Chi c'era?", que em português seria algo como "Quem é o próximo?". E incrivelmente eles sempre sabem quem é o próximo. 
Em alguns momentos é um trabalho bem divertido, mas sei que não é o que quero fazer pelo resto da vida. Mas por enquanto, como dizem os italianos, "Le cose stanno così." (As coisas estão assim).


Um beijo à todos e até breve,

Larissa.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Escola na Itália - Entrevista com a Daphne

Conforme prometido, hoje trago para vocês a terceira parte do vídeo "Escola na Itália". Dessa vez, entrevisto a Daphne do Blog Mix pelo Mundo . Quantdo soube que eu estava fazendo uma pesquisa sobre esse assunto (uma vez que, como sabem, não sou mãe e nunca estudei em uma escola italiana), a Daphne se ofereceu muito gentilmente para me ajudar com um vídeo de perguntas e respostas. De cara, adorei a idéia! Pensei "É tudo o que eu preciso - Uma mãe brasileira que já tem experiência com os filhos estudando na escola italiana!" E depois de mensagens trocadas, vídeo-vai-vídeo-vem... esse é o resultado. Vamos assistir então?



Aproveito vocês também para convidá-las a conhecer o Blog da Daphne - O Mix pelo Mundo e o canal dela no Youtube. A Daphne gosta de falar sobre suas viagens e aventuras pelo mundo.

Um agradecimento especial à essa pessoa tão doce e um beijão à todos vocês,

Larissa.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Como são as Escolas e Faculdades na Itália?

 Respeitando a votação da qual divulguei o resultado no post passado, me empenhei bastante para saber mais sobre a escola e as faculdades na Itália.
Reuni então, todas as coisas que consegui descobrir neste vídeo:





Logo abaixo, deixo a tabelinha sobre a qual comento no vídeo acima. Através dessa tabela, vocês conseguem acompanhar a vida escolar da criança de acordo com a idade. Exemplificando: Se a criança tem de 6 a 11 anos, ela fará parte da Scuola primaria e assim por diante.

Deixarei também um link que vai direcionar vocês à uma espécie de cartilha para estrangeiros que querem saber mais sobre a escola na Itália. Essa cartilha foi de grande ajuda para a minha pesquisa e pode ajudar quem está interessado neste assunto também, já que nem todas as informações foram incluídas no vídeo. 

Lembrando que no próximo vídeo, receberemos a Daphne, que mora na Itália e tem filhos que estudam na escola italiana. Ela, muito gentilmente, se ofereceu para ser entrevistada por mim. Não percam!

Um beijo à todos,

Larissa.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Momento de luto

Hoje de manhã, recebemos a notícia de que uma tia muito querida do Francesco havia falecido. Ficamos tristes com a notícia e hoje à tarde fomos ao que vou chamar aqui de um pré-funeral. É um costume que no Brasil não temos (ou pelo menos eu nunca vi). Quando a pessoa falece de morte natural, aparentemente o corpo é "pré-velado" na própria casa do falecido. Os parentes mais queridos passam pela casa para fazer uma visita e no dia seguinte (salvo casos específicos), é realizada a missa na igreja e o enterro. E de fato, amanhã vamos ao funeral. 


O clima aqui em casa está super-baixo astral. Então excepcionalmente esta semana, não publicarei vídeos também como um sinal de respeito.

Volto com o vídeo escolhido por vocês semana que vem. 

Agradeço imensamente e, visto o clima de reflexão aproveito para dizer:

Se você reflete e chega à conclusão que não passa tempo suficiente com alguém que você ama, encontre tempo e faça isso. A vida é tão breve e nunca se sabe o dia de amanhã. 

Um beijão e fiquem com Deus!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Como é um Casamento Italiano?

Essa pergunta também me foi enviada pela canal LarissanaItália no youtube: Como é um casamento italiano? Existem diferenças se comparado com o casamento brasileiro?
Na verdade, não existem muitas diferenças, mas as que existem são bem significativas. Uma, em particular, diz respeito aos convidados, ou melhor, ao presente que deve ser dado aos noivos. Este costuma ser bem diferente do que fazemos no Brasil, e é um costume que, algumas vezes me deixa até um pouco chateada porque vivendo em tempos de crise, acho que isso deveria ser modificado para não excluir pessoas queridas que não tem tanto poder aquisitivo.
Bem, para saber do que estou falando, quer um conselho? Assista o vídeo!


Assistiu? Então me diga o que achou. É só deixar um comentário diretamente aqui no blog ou no canal LarissanaItália no youtube.

Um beijo à todos,

Larissa.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

O blog virou LarissanaItalia

Depois de muito pensar, pensar e pensar, decidi alterar o domínio do blog. Ainda não foi dessa vez que ele virou ".com", como eu gostaria porque como todos sabem, para colocar no blog um domínio como .com, é preciso pagar. Não custa muito caro. Sei que é um valor bem pequeno que é pago por ano, mas prefiro esperar antes de investir.
De qualquer maneira, como um dos meus canais no youtube se chama LarissanaItalia, achei que esse nome também teria tudo a ver com o blog! Quando abri o blog, morava ainda no Brasil, mas já tinha planos de vir para a Itália definitivamente. 
Vou rever algumas coisinhas, mas deixo um recado: quem quiser continuar seguindo o blog por e-mail, provavelmente vai ter que se inscrever novamente colocando o e-mail no campinho que fica aqui ao lado





A mudança significativa foi somente essa, mas não poderia deixar de vir aqui comunicá-la a vocês que "me lêem" com tanto carinho. 

Um beijo à todos,

Larissa.

Hábitos italianos por Larissa na Itália

Recebi mais algumas perguntinhas relacionadas às curiosidades sobre a vida na Itália e sobre alguns hábitos que considero diferentes dos nossos no Brasil.
Agradeço a todos os curiosos de plantão, porque se eles não me enviassem perguntas, dificilmente eu conseguiria me lembrar de todas as coisas que me chocaram/assustaram/encantaram logo que cheguei por aqui. 
Então, tenho o prazer de deixar vocês com os vídeos sobre...


Hábitos Italianos 1

Hábitos Italianos 2

Hábitos Italianos 3

Hábitos Italianos 4



Me contem o que acharam em um comentário no blog ou no canal!

Um beijo à todos,

Larissa.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Visitando a cidade de Roma na Itália

Esse mês precisei ir à Roma para resolver alguns assuntos burocráticos como a renovação do meu passaporte que estava para vencer.
Roma foi a primeira cidade que quis conhecer quando cheguei à Itália pela primeira vez para uma viagem de férias. A cidade é "linda do jeito que eu gosto". Se respira cultura, história, arte. Não sei se ja´mencionei isso aqui, mas quando vi o Coliseu pela primeira vez, senti como se tivesse voltado a ser criança numa carteira de escola enquanto folheava os livros de história. Para mim, foi uma emoção indescritível!
Nesses dois vídeos, tenho o prazer de compartilhar como vocês (principalmente com aqueles que nunca estiveram lá) um pouquinho dessa cidade muito característica.
Afinal, realmente não se pode ir à Itália, e não conhecer Roma. Então aí vai:

Visitando a cidade de Roma - parte 01

Visitando a cidade de Roma - parte 02



Depois me contem o que acharam através de um comentário no blog ou no canal do youtube.

Um beijo à todos,

Larissa.