O QUE EU JÁ ESCREVI?

PESQUISE NO BLOG

terça-feira, 5 de novembro de 2013

50 Perguntas para abrir a sua mente

Vi essa espécie de "Tag para blogs" no blog da Cinthya Rachel
Caso você visite o blog dela e comece a se perguntar: "Ela não é a Biba? Aquela que fazia o Castelo Rá-Tim-Bum?". A resposta é sim. É ela mesma. Também me fiz essa mesma pergunta quando descobri o blog dela. Mas depois disso ela também fez vários outros trabalhos.

Mas vamos às perguntas. 




1. Qual seria a sua idade se você não soubesse quantos anos você tem?
28 anos. Muita gente diz que pareço mais nova. Mas não vamos exagerar né?

2. O que é pior errar ou nunca tentar?
Nunca tentar.

3. Se a vida é curta, porque fazemos muitas coisas que não gostamos e gostamos de muitas coisas que não fazemos?
A humanidade contribuiu para que nossas obrigações fossem mais importantes do que o que nos faz feliz. Mas acho que ainda é possível fazer com que uma obrigação seja também um prazer, fazendo por exemplo um trabalho pelo qual somos apaixonados e arrajando tempo para ficar com as pessoas que amamos. Nem tudo está perdido! E viver só de lazer também pode se transformar em tédio. Sou a prova disso.

4. Quando tudo foi dito e feito, você disse mais do que fez?
Eu disse E fiz!

5. Qual é a coisa que você mais gostaria de mudar no mundo?
Gostaria que todas as pessoas pensassem no bem estar umas das outras e que "não fizessem aos outros o que não quisessem que fosse feito à elas".

6. Se felicidade fosse a moeda nacional, que tipo de trabalho o tornaria rico?
Vlogger, fotógrafa, escritora, tradutora. Tinha que mencionar um só?

7. Você está fazendo o que você acredita ou você está regularizando o que você está fazendo?
Há poucos dias estava regularizando. Neste momento, estou fazendo o que acredito.

8. Se a média de vida humana fosse de 40 anos, como você viveria sua vida?
Considerando que tenho 32 anos, só teria mais 8 anos de vida. Tudo igual à pergunta nº 6 + amar muito o meu marido, estar mais com a minha família e viajar mais.

9. Até que nível você acredita que controlou o curso que sua vida tomou?
Nunca controlei, apesar de ter escolhido o caminho que me fez chegar até aqui. Ninguém pode saber como será o futuro...

10. Você está preocupado em fazer as coisas corretamente ou fazer as coisas certas?
As duas coisas.

11. Você está almoçando com três pessoas que respeita e admira. Eles começam a criticar um amigo próximo, sem saber que você é amigo dele. O criticismo é estranho e injustificável. O que você faz? 
Provavelmente diria algo como: "Eu o conheço muito bem. Na verdade ele é meu amigo de infância." Acho que ficariam sem graça, mas o assunto morreria ali.

12. Se você pudesse dar um conselho para uma criança que acabou de nascer, qual seria?
Corra atrás dos seus sonhos! Por mais difícil que pareça, um sonho realizado vale todo o esforço do mundo.

13. Você quebraria uma lei para salvar uma pessoa que ama?
Se quebrar essa lei não significasse prejudicar pessoas inocentes em nenhum modo provavelmente sim.

14. Você já viu insanidade onde depois você viu criatividade?
Sim. Muitas vezes os verdadeiros artistas são seres incompreendidos.


15. O que é aquela coisa que você sabe que faz diferente da maioria das pessoas?
Compreender as pessoas apenas observando-as.


16. Quais são as coisas que te fazem feliz, mas não fazem todo mundo feliz?
Ler, escrever e fazer vídeos e meus momentos de solidão criativa! Estar consigo mesmo é uma verdadeira terapia. E muita gente não consegue.


17. Qual é a coisa que você ainda não fez e que gostaria de fazer? O que te impede?
Viajar o mundo. Só falta o dinheiro!


18. Você está se segurando em alguma coisa que você precisa se desfazer?
Preciso aprender a viver mais no presente. Isso conta?


19. Se você tivesse que se mudar para um estado ou país além daquele que você mora, para onde você iria e por quê?
Iria para a Inglaterra. Além de ser um país maravilhoso, tenho certeza de que ofereceria oportunidades incríveis para mim e para o meu marido.

20. Você aperta o botão do elevador mais de uma vez? Você realmente acredita que ele fica mais rápido?
Sim! Não, mas enquanto ele não chega eu vou aliviando o stress.

21. Você prefere ser um gênio preocupado ou um simples pateta? 
Um simples pateta.

22. Porque você, é você?
A educação que tive, meus valores, as pessoas com quem convivi e minha personalidade forte que nasceu comigo. Tudo isso explica porque sou quem sou.


23. Você é o tipo de amigo que você quer como amigo?
Mais ou menos. Teria que ser um pouco mais presente.

24. O que é pior, quando um grande amigo se muda, ou perde contato com um grande amigo que mora bem perto de você?
Quando perco contato com um grande amigo que mora perto de mim. 

25. Pelo que você é mais grato?
Pelo meu marido e pelo par que formamos. Por ter uma família linda no Brasil.

26. Você prefere perder todas as suas velhas memórias ou nunca ser capaz de ter novas?
Prefiro nunca ser capaz de ter novas memórias. Falei que preciso aprender a me desapegar né? Ainda não aprendi.

27. É possível saber a verdade sem desafiá-la primeiro?
Acredito que é preciso saber a verdade ponto.

28. O seu pior medo se tornou realidade?
Graças à Deus, não. Meu maior medo é perder as pessoas que amo.

29. Você se lembra aquela vez que você ficou extremamente chateado há 5 anos?
Sinceramente não me lembro não.

30. Qual é a lembrança mais feliz da sua infância? O que a torna tão especial?
Me lembro de brincar muito com meus primos. Essa lembrança é especial porque pude ser criança em um tempo que brincar na rua era normal. Também me lembro de estar sentada no colo do meu pai enquanto ele dirigia e achar que era eu quem estava dirigindo. Essa é especial porque naquela época ele era muito mais presente na minha vida.

31. Em qual fase no seu passado recente você se sentiu mais apaixonado e vivo?
Quando conheci meu marido!

32. Se não agora, quando?
Na hora certa.

33. Se você não alcançou aquilo que procura ainda, o que você tem a perder?
Nada! Só não sei onde começar a procurar...

34. Você já esteve com alguém, não disse nada, e saiu sentindo que teve a melhor conversa da vida?
Sim. Isso é o que classifico como "o silêncio confortável."

35. Porque religiões que apóiam o amor causam tantas guerras?
As religiões causam guerras. Deus não. Muitas vezes as religiões atendem simplesmente ao desejo do homem e não a vontade de Deus. É por isso.

36. É possível saber, sem dúvidas, o que é bom e o que é mau?
Sem dúvidas, não. Considero que se você prejudica ou poderia prejudicar o próximo com uma ação, então ela é má. 



37. Se você ganhasse um milhão de dólares, você pediria demissão?
Eu começaria um trabalho do qual realmente gostasse. Não posso pedir demissão já estando desempregada. hahahaha!

38. Você prefere ter menos trabalho para fazer, ou mais trabalho sobre o que gosta de fazer?
Mais trabalho sobre o que gosto de fazer. 

39. Você já sentiu que viveu um dia 100 vezes antes?
Sim. Normalmente quando vejo que minha rotina é sempre igual. Mas é suficiente mudar pequenas coisas para mim.

40. Quando foi a última vez que você andou na escuridão com apenas uma pequena faísca que você realmente acreditava?
Quando decidi vir morar na Itália. Acho que só eu e meu marido acreditávamos que daria certo.

41. Se você soubesse que todo mundo que você conhece fosse morrer amanhã, quem você visitaria hoje?
Minha mãe e meu pai.

42. Você diminuiria sua expectativa de vida em 10 anos para se tornar alguém famoso?
Não.

43. Qual é a diferença entre estar vivo e realmente viver?
Viver é fazer aquilo que realmente gosta e acredita. Estar vivo é fazer o que deve só porque deve. 

44. Quando é a hora de parar de calcular riscos e recompensas, e simplesmente seguir em frente e fazer o que acredita ser correto?
Sempre.

45. Se nós aprendemos com  nossos erros, porque estamos sempre com medo de cometer um erro?
Porque os erros nos levam ao aprendizado, mas normalmente nos causam dor, humilhação, etc... O erro não é bem aceito na nossa sociedade...

46. O que você faria de diferente se soubesse que ninguém iria te julgar?
Nada. Sempre fui daquelas que prefere se arrepender a não tentar.

47. Quando foi a última vez que você percebeu a som da sua respiração?
Ontem à noite, quando fui dormir. Todo e qualquer barulho fica incrívelmente mais alto à noite.


48. O que você ama?
Cores, casais apaixonados, lealdade, amizade, verdade.

49. Daqui a 5 anos, você irá se lembrar do que você fez ontem? E um dia antes? E outro dia antes?
Daqui a 5 anos me lembrarei da minha indecisão sobre "que rumo dar à minha vida profissional." Espero que até lá eu já tenha encontrado um trabalho que me faça feliz.


50. Decisões estão sendo tomadas agora. A questão é: Você está tomando-as por si mesmo ou está deixando que outros as tomem por você?
Eu as tomo por mim mesma.