O QUE EU JÁ ESCREVI?

PESQUISE NO BLOG

terça-feira, 29 de março de 2011

Passeio de domingo em Ancona

No domingo, eu e o Francesco saímos para passear e resolvi tirar algumas fotos para que vocês conheçam um pouco dos arredores da cidade onde vivemos. Nós fomos para Ancona, que é a maior cidade próxima a Camerano (cerca de 20 minutos de ônibus ou carro).


Este é o "Passetto di Ancona", que traduzindo, significa o Passeio de Ancona. É o meu local favorito da cidade (além das lojas, claro! hahahah). Dali de cima, ou da parte de baixo (escadas na parte de trás), é possível ver o mar. 



Chegamos à primavera e é muito normal ver flores por todo lado. Na verdade, estou descobrindo a Primavera agora, porque morava em São Paulo e, das duas uma: ou nunca reparei que as flores existem, ou em São Paulo, não existem muitas flores fora da floricultura.


Cara de desespero! O Francesco é muito perfeccionista pra tirar foto... Às vezes demora alguns minutos... Mas fora isso, ficou boa. Esta é a vista próxima ao Passetto. Linda!

 Vista olhando da parte de trás do monumento "Il Passetto".

Espero que tenham gostado do post!

Um beijo a todas!!!

quinta-feira, 24 de março de 2011

Uma música, uma foto e só

Ela via o mundo
Ele via o mundo
Viam sob a mesma luz
Isso é tudo e era tudo que havia entre os dois em comum

Se conheceram no inverno de 2002
O vento, um preludio do que viria depois

O frio, desculpa se fez
Pra ele estender seu casaco nos ombros dela
O inverno, então se desfez
Quando ela em troca lhe deu com o olhar um abraço

Ele era um aspirante a poeta
Ela era a inspiração
E pra ele qualquer coisa nela
Despertava uma canção

Ela que sempre buscava em tudo um porque
Com ele bastava, estar, sentir e viver

O tempo voava pros dois
E nem todo o tempo do mundo seria o bastante
Os dias vividos a dois
Provavam que a eternidade é só um instante

Ela já quis ser de tudo
E até sonhou em ser piloto de avião
Finalmente alcançou o céu no instante em que ele lhe pediu a mão

Três letras, ela respondeu
Na mais linda música se transformou sua voz
Enfim não haveria mais
Qualquer fragmento de vida vivido a só


sexta-feira, 18 de março de 2011

Perdida no Itália

Olá meninas! Já estou na Itália há três semanas e tenho recebidos e-mails de amigos querendo saber como estou, o que tenho visto ultimamente... Bom, àqueles que me escrevem posso dizer que estou gostando muito da minha nova vida. Me sinto um pouco só, mas acho que isso é normal porque não tenho muitos amigos aqui ainda (também, acabei de chegar, então não é pra menos né?!).
Sinto falta da auto-suficiência que eu tinha em São Paulo. Aqui é um pouco diferente. Como vivo numa cidade pequena, os meios de transportes são um pouco escassos. Ontem mesmo, eu passei com o Francesco em frente a uma loja Oviesse e fiquei louca pra entrar e experimentar os produtos da Essence (recomendados por uma amiga italiana do Youtube - 77perlanera. Ela me disse que vários produtos estão em promoção pelo valor de 0,99 euros). Mas no final, como o objetivo do passeio era outro, acabou não dando tempo e hoje também não posso ir, porque os ônibus não chegam até lá...

Mas também tenho vivido muitas coisas legais. O Francesco sempre me leva pra conhecer verdadeiros "paraisos naturais" que me deixam sempre maravilhada. Este da foto abaixo se chama Porto Novo e fica a uns 20 minutos (de carro) da nossa casa.



A verdade é que toda escolha que fazemos implica em uma perda. Quando escolhi me mudar pra cá, perdi algumas coisas mas também ganhei outras. Sabia que estaria distante de tudo e que seria uma vida inteiramente nova. Mas eu realmente tenho sede do novo, gosto de conhecer coisas novas, gente diferente e quando tomei essa decisão, percebi que teria muita coisa nova pra descobrir. Estou começando tudo do zero. Mas é simplesmente maravilhoso! Só quem vive uma experiência assim é que pode explicar a quantidade de coisas novas que ela te traz.

Um beijo a todas e até logo!

terça-feira, 8 de março de 2011

Vida na Itália: Novas descobertas

Oi gente! Faz um tempinho que não posto nada aqui. Estava pensando em como começar, pois tenho vivido muitas coisas boas. 

Deixei meu emprego em São Paulo, Brasil e me mudei definitivamente para Camerano, uma cidadezinha com uma paisagem simplesmente maravilhosa, onde já vivia meu noivo Francesco que é italiano.

No começo estranhei um pouco a casa e a paisagem também. É tudo bem diferente do que eu estava acostumada no Brasil. Mesmo porque a cidade é muito menor. Foi uma mudança bastante brusca! De qualquer maneira, até o momento, estou gostando bastante. O único problema é que os meios de locomoção são um pouco escassos, mas de qualquer maneira, sempre posso pegar um ônibus para ir ao centro. O ponto fica bem pertinho. Ainda não posso trabalhar porque não tenho o Permesso di Soggiorno, mas assim também posso aproveitar para me adaptar melhor ao local e vendo um pouco de televisão, usando a internet e ouvindo música, também aprendo melhor a lingua da qual sei somente o básico.

Estou aqui há uma semana e já vi a neve! Esperava que isso fosse acontecer somente no final do ano, mas tive sorte. Fiquei muito feliz, porque foi de fato, a primeira vez!!!



Estou gostando de tudo e principalmente do fato de que o Francesco é muito paciente comigo, me mostra novas coisas. Isso me encanta muito nele. E me faz ver que o amor vale a pena!




Beijos e até logo.