O QUE EU JÁ ESCREVI?

PESQUISE NO BLOG

domingo, 27 de maio de 2012

Eu adoro a Música Popular Brasileira

Acho que nunca comentei aqui que sempre fui fã da Música Popular Brasileira. Já comentei aqui que desde que eu era pequena, as duas primeiras coisas que minha mãe fazia depois de acordar eram ligar o rádio e abrir toda a casa para entrar deixar entra luz e renovar o ar. Acho que não é  por acaso que hoje em dia eu adoro ambientes bem luminosos e frescos...
E também fiquei com mania da música, ou melhor, do MPB. Hoje, por exemplo, que é um sábado super-ensolarado (de janelas já abertas), liguei o computador e me veio uma vontade de ouvir... MPB!
Como não posso contar com o rádio, porque aqui na Itália a Música Popular Brasileira não é tão conhecida, recorro ao meu bom e velho notebook.
As músicas que eu mais gosto de ouvir, são aquelas que tem tudo a ver com a minha infância e que tocavam na rádio Nova Brasil F.M. quando eu era pequena. O rádio lá em casa ficava sempre sintonizada na mesma estação. Quando eu ia mudar, minha mãe dava um grito  porque naquela época, não era como hoje que num minuto você sintoniza todas as estações do mundo. Tínhamos que girar o botão analógico e ser muito precisas, porque do contrário ficava mal sintonizado e cheio de ruídos.

A seguir, o elenco das minhas músicas brasileiras favoritas. Algumas são bem antigas, outras um pouco mais atuais. E todas estão no meu coração:

Xote das meninas - Luiz Gonzaga
Asa Branca - Luiz Gonzaga
Lindo lago do amor - Gonzaguinha
Me liga e Meu erro - Paralamas do Sucesso
Planeta Água - Guilherme Arantes
Dona - Roupa Nova
Pedras que Cantam - Fagner
Lilás - Djavan
Vamos fugir - Gilberto Gil
Sá Marina - Ivete Sangalo
Balança Pema e Bem que se Quis - Marisa Monte
Elis Regina - Romaria


Essas são as que eu me lembro agora, mas toda vez que alguém me pergunta, me dá um branco! hahahah!

Quando ainda morava no Brasil, uma amiga me disse que quando você vai morar no exterior, fica muito patriota. Eu pensava que isso não aconteceria nunca comigo, mas acontece, e a prova disso é que eu de vez em quando, ouço o hino nacinal (sim, o hino nacional).
Tudo isso é um jeitinho de ir disfarçando a saudade que sinto de ver pessoas conhecidas e sorridentes, de ouvir falar do sertão brasileiro, autores brasileiros e por aí vai...
Outro dia estava no carro, e não parava de cantarolar o Tema da Vitória do Ayrton Senna, a canção que tocava toda vez que o Ayrton Senna ganhava uma corrida. E olha que eu nem gostava de automobilismo...



Mas a sensação de fazer parte de um país e ir vivendo com ele os acontecimentos, o  passar de cada dia, crises, momentos bons, tudo isso fica pra sempre no coração.


Um beijo verde e amarelo.


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Verona - Parte II

O passeio continuou de maneira muito agradável. Vimos o balcão de Julieta e tirei também uma foto ali. 













O famoso balcão de Julieta





Como dia 13 de maio é o dia das mães, aproveitei pra ligar pra minha mãe e desejar um Feliz Dia das Mães, claro!



Piazza delle Erbe
Vimos a Piazza delle Erbe - a praça mais antiga de Verona! E decidimos parar ali para tomar um capuccino. O restaurante em que entramos era muito elegante e estava cheio de pessoas muito finas. Tomei meu capuccino e aproveitei para ir ao banheiro. Quando cheguei ali, tive uma "pequena surpresa". O vaso sanitário tinha um formato muito estranho. Praticamente se tratava de um buraco no chão, mas ao mesmo tempo, se via que era o vaso "enterrado" no chão. Me desculpem, mas não ia conseguir explicar como era sem postar um foto. Então aí vai:
O vaso sanitário me surpreendeu: as partes listradas ao lado
servem para colocar os pés porque aqui mulher faz pipi (quase) em pé!


Então, esse era o vaso sanitário. Confesso que passei alguns minutos avaliando o vaso antes de decidir se entrava no banheiro ou não. Mas por fim, tomei coragem e fui enfrentá-lo. Não que eu queira detalhar minha pipi, mas o modo de usar esse vaso (estranhíssimo), é simplesmente colocando os pés e abaixando um pouquinho. Também tenho que dizer que quando estava ali, comecei a imaginar aquelas senhoras todas elegantes fazendo pipi ali. hahahaha! Acho que seria muito engraçado. Mas depois pensei: "Elas já devem ter visto esse tipo de sanitário milhões de vezes. Provavelmente não é mais surpresa para ninguém."
Saí do banheiro, que antes estava vazia, e já havia três mulheres esperando na fila. Comecei a lavar as mãos e com o rabo do olho, observei a moça que entrou depois de mim. Ela também levou alguns minutos tentando entender como usar o vaso. E depois que ela saiu, as outras duas observaram o vaso e disseram em inglês: "Nossa, que diferente né?"


Posso próximo a Tumba de Julieta.
Saímos dali e fomos ver a tumba de Julieta. Sim! Também existe o monumento que seria a tumba. A parte de cima do monumento é um museu. E a parte de baixo é onde ficaria a suposta tumba.

Lembram que no primeiro post eu disse à vocês que deixamos a chave em um lugar diferente?
Perto da tumba existe um poço onde algumas pessoas deixam moedinhas e provavelmente fazem um pedido. Vimos que algumas pessoas tinham jogado as chaves de seus cadeados no poço e decidimos deixar a nossa ali também.

Nossa chave foi para o fundo do poço que fica perto
da Tumba de Julieta.

O dia passou voando, até porque até às 15h chovia... O centro de Verona é cheio de lojas interessantes, mas como tínhamos pouco tempo, acabei comprando somente um sabonete líquido e um protetor solar fator 50 que estava em promoção na Upim.

Claro que tudo isso ficou registrado em um vlog que pretendo editar logo logo para publicar no VivaGloss no youtube. Acho que vocês vão gostar... Sinceramente, espero que sim.

Um beijo à todos!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Vida na Itália: Verona - Parte I

O que dizer dessa cidade? Vou ser bem clichê e começar dizendo que Verona é muito linda e muito romântica. A escolha do lugar, tem tudo a ver com romantismo e acho que acertamos em cheio, já que fomos ali para comemorar nosso primeiro ano de casamento. E por falar em casamento, parece que esse um ano voôu! Parece que foi ontem que eu estava aqui vestida de noiva e tremendo na base. Mas acho que quando você está com a pessoa certa, o tempo voa mesmo porque em geral, isso acontece quando estamos fazendo coisas agradáveis. E posso dizer que esse primeiro ano de casamento foi maravilhoso. Não posso dizer que somos perfeitos porque ninguém é. Mas posso dizer que juntos estamos muito bem, que temos uma ótima sintonia.
Francesco e eu às margens do rio Adige - Verona.


Começamos o passeio pela Arena de Verona, um anfiteatro romano muito conhecido porque costuma ser sede de shows e óperas famosas. A diferença entre a Arena de Verona e o Coliseu de Roma, é justamente o fato de que o interior da Arena foi muito bem conservada. Imaginem que sua construção data do século I d.C. Muito tempo né?

A Arena de Verona

Eu e as esfinges que ficam na frente da Arena


Outro ponto turístico que não poderíamos deixar de ver foi a casa de Julieta. Claro que não poderia deixar passar essa oportunidade, então rumamos para lá.
Logo na entrada da casa é possível ver muitas juras de amor e bilhetes deixados pelos visitantes.


Orelhões que contam a história de Romeu e Julieta e declarações
de amor nas paredes de entrada da casa.



Depois dos portões da casa, na parede do lado direito, vi alguns orelhões que provavelmente contam a história de Romeu e Julieta. Mas a ansiedade de ver a casa era tanta que nem pensei em parar para ouvir a história. Mas tudo bem, porque já li o livro! Depois chegamos a um pátio relativamente grande (que parecia pequeno porque estava cheio de gente) e ali no meio, vi a estátua de Julieta. Alguma pessoas dizem que tirar uma foto com a mão no seio de Julieta, garante que você volte à cidade. Também ouvi falar, que ajuda a encontrar o grande amor. No meu caso, já encontrei. Mas tirei a foto mesmo assim (e o Francesco também) porque gostei muito da cidade e gostaria de voltar um dia... Tomara que dê certo!

Eu acho que ele gostou da idéia...





Claro que as tradições não param por aí. Muitos casais apaixonados que visitam a casa de Julieta, também podem deixar um cadeado como prova de uma união duradoura. Nós deixamos o nosso!


Nosso cadeado


Ali tem uma parede muito colorida cheia de cadeados de todas as cores e tamanhos. A tradição também diz que você deve fechar o cadeado na parede e jogar a chave no rio.
Fechamos o nosso cadeado...



Mas como somos diferentes, deixamos a chave em um outro lugar... Curioso/a pra saber que lugar é esse? Então não perca o próximo post!




Um beijo à todos!

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Vida na Itália: Conhecendo Castiglione del Lago e Porto Recanati

Não existe nada melhor do que viajar para conhecer novos lugares, culturas, histórias... Eu, particularmente adoro (jura?). Ultimamente conheci Porto Recanati, uma cidadezinha aqui pertinho de casa e Castiglione del Lago. Esta último, posso dizer que conheci por alto porque o motivo de irmos até lá, era que precisávamos fazer exames que demorariam muito tempo para ser marcados se tivéssemos que esperar para fazer na cidade onde moramos. 

E agora vou ter mais uma cidade sobre a qual falar. Por ocasião do aniversário de casamento, Francesco e eu decidimos fazer uma viagem curtinha a Verona - a cidade de Romeu e Julieta. Ai, que romântico, mal posso esperar. Já dei uma pesquisada na internet para saber dos pontos turísticos e o Francesco perguntou ao recepcionista do hotel onde vamos ficar se eles tem indicações para nos dar. É que eles tem, que pergunta! hahahah!
Uma das vantagens de se morar na Europa é que o preço de viagens não é tão alto. Por isso, nos permitimos de viajar para comemorar esse momento especial mesmo com esse momento de crise. Estou aqui em contagem regressiva e claro que a videocâmera vai na mala. Assim quando voltar posso mostrar tudo para vocês.
Por enquanto, fico aqui sonhando e imaginando como será conhecer essa esplêndida cidade.

Um beijo a todos e até o próximo post.

*****
Atualização:

Editei o vídeo de Porto Recanati

Vamos dar um Passeio? Porto Recanati


Tive o prazer de retornar a Castiglione del Lago e registrei um vídeo.