PESQUISE NO BLOG

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Larissa na Itália no Youtube: O início

Olá Pessoal!

Há muito tempo vinha pensando em tornar real uma idéia que tive meio por acaso. Na verdade, sempre quis ter um lugar pra falar um pouco mais sobre a vida no exterior como já faço aqui no blog. O único detalhe é que aqui eu escrevo. E sentia que algumas coisas precisavam ser verbalizadas. 
Hoje, finalmente criei coragem e publiquei meu primeiro vídeo em um canal que falará exclusivamente sobre a Vida no Exterior. Mais precisamente - na Itália que como todos já sabem, é minha nova casa desde 2011.
Na montagem dos vídeos acrescentei também algumas fotos (do meu arsenal) e vendo todos os arquivos de fotos,  comecei a pensar que tem muita história pra ser contada quando penso em tudo que vivi aqui.
Quero fazer isso tentando juntar o blog e os vídeos de modo que uma coisa complemente a outra. Mas isso não será uma regra. Não digo que todo vídeo que eu postar será publicado aqui também. Por isso convido vocês a conhecer o canal no youtube que se chama LarissanaItalia. Por enquanto o canal tem apenas um vídeo, mas queria muito contar pra vocês porque não aguento guardar segredos sobre esse tipo de coisa por muito tempo. Então é isso. Espero que gostem e se gostarem, inscrevam-se. Vai ser um prazer ter a companhia de vocês por lá também.




Até o próximo post (ou será um vídeo???)...

Um beijo à todos.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Trabalho na Itália: Fim do Trabalho no Call Center

Saudades de passar por aqui, escrever, desabafar com vocês. Agora à noite não estava fazendo nada e decidi passar pelo blog e falar um pouco sobre os últimos acontecimentos.

"Não é um país para os jovens."



Essa semana recebi uma notícia que me deixou um pouco pra baixo. No trabalho, me disseram que meu contrato não será renovado porque a empresa para a qual prestávamos serviço também não renovou contrato com eles. Foi bem triste me despedir das meninas depois de quase um ano trabalhando juntas. Eu também acho que sou um pouco emotiva e me apego muito fácilmente às pessoas.

Mas  por outro lado, só de pensar em recomeçar a deixar currículos novamente sem receber nenhuma resposta, passar nas agências de trabalho e as atendentes do lado de lá do balcão que repetem sempre a mesma coisa - "assim que tivermos vagas, te ligamos" (e a ligação nunca chega...). Devo dizer que a situação de empregos nesse momento na Itália é bem desanimadora. Basta dizer que antes de encontrar esse emprego, passei um ano desempregada. Isso é algo que nunca tinha me acontecido quando morava em São Paulo.


"Jovens especializados para tornar-se desempregados."


Não vou dizer que morria de amores pelo emprego, porque acho que ninguém pode morrer de amores por um emprego onde se deve repetir 200 vezes um mesmo questionário. Era chato, cansativo e muitas vezes perdi a paciência internamente com as pessoas que não entendiam "como funcionava o questionário". Mas no fundo, era uma fonte de renda. Vocês sabem, quando alguém precisa trabalhar, não dá pra ficar escolhendo muito, infelizemente.
Então de um lado ficou o alívio por não ter mais que fazer um trabalho do qual eu realmente não gostava. Mas  por outro lado, ficou também a tristeza de ficar temporariamente sem fonte de renda.
Fazer o quê? Agora o jeito é recomeçar. Uma palavra que neste momento me deixa bastante inquieta. Mas com certeza não vou deixar de tentar novamente. Preciso tentar.

As fotos que publico aqui são fotos de protestos que tem sido feito por parte dos desempregados italianos.

Um beijo à todos!
                                                                                                  "Recém-formado
                                                                                                   Recém-desempregado"