O QUE EU JÁ ESCREVI?

PESQUISE NO BLOG

quinta-feira, 19 de maio de 2011

O Grande Dia: Meu casamento

Camerano, 13 de maio de 2011

08h00 - Não sei como consegui dormir à noite, pois estava super emocionada. Verifiquei as unhas: Ok! Ufa, que alívio. Estavam perfeitas!
10h00 - Eu e o Francesco marcamos horário juntos no mesmo cabelereiro.
Francesco: cerca de 30 minutos para fazer um corte e colocar um pouco de gel e estava pronto.
Eu: 02 horas embaixo de um secador que queimava minhas orelhas. (Claro, como não!)

O Francesco saiu para buscar meu bouquet. E eu fiquei ali agoniada querendo correr do secador. Éeeeee, que disse que seria fácil??

12h00 - O Francesco voltou e ficou bem impressionado com meu cabelo, sinal que não estava mau. Pagamos e recebemos "tanti auguri" de todo o pessoal do salão. Fiquei impressionada em saber que eles sempre dão parabéns independente de te conhecer ou não quando vc vai se casar! Mas gostei, muito simpático da parte de todos.
13h00 - Almoçamos macarrão com atum e milho.
Eu: mal consegui comer e andava de um lado para o outro dizendo "temos que fazer isso, temos que fazer aquilo...
Francesco: super-calmo, lavou a louça e fez um chá de camomila para mim.
14h00 - Tomei o chá de camomila. Falei com minha amiga Jú pelo msn para ver se passava o tempo e ela me fez prometer que quando estivesse pronta, ligaria a câmera para que ela me visse vestida de noiva!
15h30 - Francesco saiu para se arrumar na casa dos pais e eu fiquei em casa. Comecei a fazer a maquiagem e minha mão tremia um pouco, então decidi que iria bem devagar pra não errar. Coloquei um durex no canto dos olhos pra fazer a coisa mais precisa!
16h00 - A campainha tocou e eu, histérica pensei: são os padrinhos que vieram se trocar aqui em casa. Francesco ainda não tinha voltado. Abri a porta, perguntei se queriam conhecer a casa. Eles, vendo o nervosismo, recusaram a oferta. Ai, graças à Deus! Mostrei o quarto onde poderiam se trocar e me tranquei novamente no quarto pra terminar a maquiagem.
16h10 - Francesco chegou, já estava pronto e muito elegante!
16h30 - Chegaram os colegas de trabalho do Francesco que viriam se trocar aqui em casa. A casa estava animada! Eu: ainda trancada no quarto.
16h40 - Chamei o Francesco para me ajudar a fechar o vestido e colocar o colar. Ele ficou encantado quando me viu. Adorei que ele tenha sido a primeira pessoa a me ver. Afinal, era a pessoa que mais importava!
16h45 - Liguei a câmera pra falar com a Jú. Ela me disse pra ficar calma e desejou toda a felicidade do mundo! Fiquei emocionada, mas não chorei porque arruinaria toda a maquiagem.
16h50 - Francesco: "Lari, meu pai está esperando lá fora." Descemos e estava um lindo dia.

A tradição também diz que o noivo deve chegar primeiro, e a noiva depois. Mas como se tratava de um casamento em comune, chegamos e entramos juntos. Mais uma vez, fiquei feliz de tê-lo ali pertinho.
O resto foi um pouco de nervosismo e muita alegria. Aquele dia foi o resultado de duas pessoas que nasceram tão longe uma da outra, mas foram, inegavelmente, feitas para estar juntas e felizes para sempre.

Chegando na Comune. Luigi, pai do Francesco estava atrás super-feliz!


Na sala comunal: Os padrinhos Alessandro (à esq.) e Anna (à dir.). Adoráveis!


Chuva de arroz pra dar sorte!


As alianças...


O casamento foi às 17h00 e saímos para fazer as fotos em lugares lindos! Na foto acima, praia de Numana.


 
Sirolo - O peep toe(sapato aberto na frente) queria fugir do pé e parei pra arrumar.


Aqui dá pra ver melhor o vestido que eu já tinha comentado que era simples. Minha cara!

O bolo tinha uma fonte de água e luz na cor azul.







Depois do bolo, buffet de frutas e café

Espero que tenham gostado.

Um beijo a todos!