quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Salões de Cabeleireiro na Itália

Quando o assunto é cabelo eu me considero a pessoa mais exigente da face da terra. No Brasil eu adorava quando chegava a hora de ir dar um trato na juba no salão. Passava horas sentada conversando com o cabeleireiro sobre os mais variados temas enquanto ele cuidava dos meus cachos. Normalmente quando pisava no salão, eu era a Gata Borralheira e sempre saía de lá me sentindo a Cinderela.
Infelizmente coisas assim são "águas passadas" na minha vida. Desde que cheguei à Itália, parei de frequentar os amados salões. Culpa dos preços altos, da pressa dos cabeleireiros e porque não dizer também, de não ter tido paciência e dinheiro suficientes para encontrar o cabeleireiro certo. Me cansei antes. Me cansei de pagar caro pelo serviço e sair quase sempre insatisfeita.
Tenho que destacar que cabelos crespos não são "o forte" dos cabeleireiros italianos. Até porque não é o típico cabelo que se encontra com frequência por aqui.
Minha melhor decisão então foi fazer tudo em casa. E quando conto às pessoas sobre isso, sempre me perguntam: "Até o corte???". Sim senhora. Até o corte. Aprendi a cortar o meu próprio cabelo assistindo tutoriais no youtube. Para mais informações, assista o vídeo abaixo.



Links úteis

- Relato de uma profissional que trabalhou em salão de cabeleireiro aqui na Itália:                       http://vanessa-diarionaitalia.blogspot.it/2009/08/salao-de-beleza-italiano.html

- Vídeos sobre Corte de Cabelo Rayza Nicacio:
http://www.youtube.com/watch?v=yqTJVa_N8lc
http://www.youtube.com/watch?v=AvfgVfGJggs
http://www.youtube.com/watch?v=jFlYMQy0hcs


Lembrando que tudo que conto nesse vídeo/post está ligado à minha experiência. Se a sua foi igual à minha ou diferente, não esqueça de deixar um comentário me contando. Vou adorar ler a tua história.

Um beijão,

Larissa.